Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O meu Pastel de Nata

por Malagueta Man, em 01.12.13

 

Em 1837, Belém (bairro de Lisboa), os monges do Mosteiro dos Jeronimos tentam fazer subsistir a ordem. Começam então a vender pastéis de nata, afim de ganhar dinheiro, numa pequena pastelaria contígua ao mosteiro.Naquela época, Lisboa e Belém eram duas cidades distintas ligadas por embarcações a vapor. A presença do Mosteiro e a Torre de Belém atraiam muitos turistas que ficavam admirados pela beleza e bom sabor que estes tinham: pastéis de Belém. A sua receita foi logo bem guardada. Os chefes pasteleiros são os únicos a conhecer o segredo, e devem prestar juramento de silencio para salvaguardar esta famosa receita gastronómica. Ainda hoje, estes chefes pasteleiros fabricam sempre artesanalmente estes deliciosos pastéis.

PASTEL NATA.jpeg

 

   Os Pasteis de Nata são meus, mas a foto foi gentilmente cedida cedida pelas Edições do Gosto 

 

Ingredientes:

- 350ml Leite 

- 50gr Amido de milho 

- 8 Gemas 

- 1 Vagem de baunilha 

- 120ml Água 

- 250gr Açucar 

- 2 Paus de canela

 - 1 Casca de limão (vidrada)

Para a Massa folhada:

150gr Farinha 55

150gr Margarina para folhados

95ml Agua

20ml Aguardente velha

5gr Sal

 

Preparação:

Para a massa folhada:

 1-Numa tigela grande misture a farinha com o sal e juntar depois a água.

 2-Amasse até que fique lisa e uniforme.

 3-Cobrir com um pano e descansar 30 minutos.

 4-Forme um rectângulo numa superficie ligeiramente enfarinhada para não grudar.

 5-Corte a margarina aos pedacinhos e espalhar sobre 2/3 do rectângulo.

 6-Dobre o pedaço de massa sem margarina sobre uma parte com margarina e depois dobrar mais uma vez, fechando.(deixar 1cm à volta da massa sem margarina, para quando passar o rôlo a margarina não sair)

 7-Faça novamente um segundo rectângulo, só que desta vez sem manteiga, depois disto enrole em pelicula transparente e descansar no frio 30 minutos.

 8-Fazer o 3º rectângulo, porém em vez de dobrar em 3 partes, dobrar em 4, dobrando as duas pontas para dentro e depois dobrar ao meio (livro), cubrir com pelicula transparente e descansar 30 minutos.

 9-Repetir novamente e deixar descansar 24 horas no frio.

 

Para o creme:

 

1-Dissolva o amido de milho peneirado com o leite frio e as sementes da vagem de baunilha.

2-Leve a lume mexendo sempre até engrossar e reservar.

3-Fazer a calda de açucar (ponto cabelo), juntando a água e o açucar, dissolvendo muito bem antes de levar ao lume, adicionar os paus de canela e a casca de limão.

4-Junte a calda de açucar ao creme de leite mexendo muito bem, passar no passador e deixar arrefecer.

5-Peneirar as gemas de ovo e misturar generosamente ao creme.

6-Folhar as formas, encher com o creme e levar ao forno pré aquecido (250gr) durante 20 minutos

 Malagueta Man

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Catarina a 01.12.2013 às 11:28

Hummmm... parece-me bem, mas e as quantidades para a massa folhada?
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 01.12.2013 às 18:28

Olá Catarina, obrigado pela chamada de atenção da falta das quantidades e ingredientes para a massa folhada... já rectifiquei...
Sem imagem de perfil

De Catarina a 01.12.2013 às 21:21

;)

Já tentei fazer uma vez massa folhada em casa, mas não fiquei totalmente satisfeita com o resultado - é sempre bom ter outras fontes!
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 01.12.2013 às 23:27

Olá Catarina,

Fazer massa folhada as primeiras vezes é um desastre, mas quando se apanha o jeito, é como andar de bicicleta...
Sem imagem de perfil

De João Pedro a 13.12.2013 às 18:29

Sendo assim a sua calda ferve quanto tempo para essas quantidades?
Voce mencionou nos ingredientes aguardete onde esta e utilizada?
Sem imagem de perfil

De João Pedro a 12.12.2013 às 23:07

Para o pastel de nata não se enganou no ponto de açucar?
Talvez nao seja perola?
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 12.12.2013 às 23:30

Olá João Pedro, não à engano...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.12.2013 às 23:09

Ensinaram-me ponto perola em vez de ponto cabelo
Sendo assim a sua calda ferve quanto tempo para essas quantidades?
Voce mencionou nos ingredientes aguardete onde esta e utilizada?
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 13.12.2013 às 23:21

Olá anónimo :) Fazer Pasteis de Nata com qualidade num forno doméstico é um grande desafio... é muito intuitivo, foram centenas de horas para conseguir a fórmula acertada... quanto à calda ferve cerca de 2-3 minutos, a aguardente tem uma função, para não escurecer a massa...e é misturada com a agua na amassadura. abraço!
Sem imagem de perfil

De João Paulo a 14.12.2013 às 21:29

Claro forno domestico é sempre um grande dor de cabeça , mas eu vou faze-los em forno de padeiro que diz da ideia?
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 15.12.2013 às 00:18

Olá João Paulo, num forno de padeiro a 350graus e com tabuleiros rasos vão sair perfeitos...
Sem imagem de perfil

De João Paulo a 14.12.2013 às 21:32

No final de a massa levar as voltas todos voce termina a massa em rolo ou deixa em livro para tende la em rolo no dia da confeção dos pasteis?
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 15.12.2013 às 00:21

Após fecho em livro termino a massa em rolo e descansa 24 horas.
Sem imagem de perfil

De Zaqueu Rebelo a 15.12.2013 às 18:28

Boa noite :)´
Caso seja possivel posse-lhe fazer uma questão?
No creme no ponto 1 mencionou dissolver o amido com a quantidade total mencionada de leite frio
A minha questão é a seguinte: desse leite total não retira um pouco para dissolver o amido e o restante leva a ferver?
Sendo como vocé diz na sua receita +/- quanto tempo leva a engrossar o amido ao lume visto que assim e melhor controlar a sua consistencia
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 15.12.2013 às 22:37

Olá Zaqueu Rebelo, deve levar o amido com o leite em lume brando até começar a engrossar, o tempo depende, a minha técnica é visual e intuitiva... Quanto ao meu "segredo", ele está na massa e no creme...são pequenos pormenores mas que marcam toda a diferença... mas esta minha receita publicada, se bem feita, o resultado são uns pasteis de nata de excelência, no sabor e na aparência conforme a foto... Abraço.
Sem imagem de perfil

De Zaqueu Rebelo a 15.12.2013 às 21:25

Esta receita mencionada pode ser experimentada á confiança sem correr o risco de alguma coisa correr mal, como menciona existe um segredo, esse mesmo está presente na massa ou no creme?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.09.2014 às 16:33

SE NÃO DIZ O SEGREDO PARA QUE PUBLICA A RECEITA? PARA ISSO TEMOS OS PASTEIS DE BELEM QUE JA TEM SEGREDO , MAS AO MENOS NÃO NOS ILUDEM COM A RECEITA.
Sem imagem de perfil

De Freixial a 25.05.2016 às 21:17

O problema, ao tentar fazer pasteis de nata e feijão é que a massa folhada comprada (no Lidl, porque me parece a que tem a melhor espessura comparada com a do Continente) ou encolhe (eu costumo cortar os círculos e depois esticar 1 bocadinho junto à boca das formas) ou aumenta desalmadamente. Chega a "engrossar" de tal forma que parecem às vezes lábios com botox, conforme imagem (link http://i64.tinypic.com/xp8r68.jpg)
Será do tipo de massa folhada? Será do quê?
Eu que adoro pasteis de nata e de feijão e não consigo acertar com o principal.
Agradeço a ajuda possível, pois se não acertar, desisto dos de nata. Os de feijão, ainda ficam disfarçados pelo receio conforme a imagem anexa.
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 31.05.2016 às 21:52

Com massa folhada de compra nunca conseguirá fazer um bom pastel de nata, terá que fazer massa folhada com 2 voltas simples para que fique bem estaladiça. estaladiça
Sem imagem de perfil

De Freixial a 01.06.2016 às 22:26

O difícil é conseguir encontrar margarina para folhados nos supermercados tradicionais.
Irei tentar encontrar e entretanto experimentar baixar 1 pouco o forno e aumentar o tempo de cozedura. Pode ser que fique um pouco com melhor aspecto.
Agradeço a atenção dispensada
Sem imagem de perfil

De Rui a 13.02.2017 às 20:53

Olá obrigado pela sua receita.. tenho uma duvida

..."9-Repetir novamente e deixar descansar 24 horas no frio."...

o que repetir exactamente?
Imagem de perfil

De Malagueta Man a 14.02.2017 às 23:30

Olá Rui,

Não tem de repetir o processo, é só levar ao frio a massa laminada e folheada.

Saudações gastronómicas

Comentar post



Miguel Oliveira

foto do autor



Tags

mais tags