Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Cataplana de Polvo com Batata doce

por Malagueta Man, em 02.11.14

A Cataplana é um peculiar e singular utensílio culinário português, cujas origens ainda pouco se sabe, uma vez que não existem registos históricos oficiais do seu aparecimento e criação. Para encontrarmos as raízes da Cataplana, somos quase que obrigados a investigar neste caso a influência árabe do Norte de África, que durante mais de 500 anos (séc. VIII a séc. XIII) marcaram imenso os destinos da região Algarvia, encontrando-se ainda bem patentes no seu artesanato.

No Norte de Africa, encontramos um utensílio também muito antigo, cujo processo de cozedura se assemelha imenso ao utilizado na Cataplana. Trata-se pois da célebre "Tajine" marroquina, que embora tradicionalmente feita em barro, utiliza na confecção dos alimentos o mesmo tipo de cozedura hermética a vapor que se veio a usar posteriormente também na Cataplana, além de os pratos nela confeccionados serem cozinhados lentamente e a temperaturas baixas tal como na Cataplana.

A Cataplana tal como a conhecemos hoje, começou a ser produzida há muitas décadas na região Algarvia por antigos caldeireiros, mestres na arte de trabalhar o cobre, pelo qual esta região foi outrora muito conhecida.

A Cataplana trata-se basicamente de duas meias panelas côncavas, unidas por uma dobradiça e com dois fechos laterais, possibilitando assim uma cozedura hermética das iguarias, tornando-se no fundo, percursora da actual panela de pressão e fazendo desta de facto uma verdadeira panela de pressão primitiva.

Inicialmente produzidas em Zinco, começaram logo a ser produzidas em cobre (tal e qual as nossas actualmente),
pelos artesãos caldeireiros mestres na arte de moldar o cobre segundo a velha tradição. O uso do cobrepermitiu deste modo uma excelente condutividade do calor por toda a Cataplana, além de também dar um sabor especial único e incomparável ás iguarias nela confeccionadas, propriedades naturais deste nobre metal, cujo uso já remonta a milhares de anos, tendo sido utilizado por antigas civilizações como os Sumérios, Egípcios, Babilónicos, Fenícios, Romanos e Árabes.

(fonte - cataplana.com)

 

17565408_HVElL.jpeg

17565450_uSqTQ.jpeg

 

Ingredientes:


1 Polvo 4 Kg

4 Batatas doce

Tomate maduro pelado e sem sementes 800gr

1 Colher sopa de polpa de tomate 

100ml Vinho branco

Ameijoas 200gr 

Azeite 150ml 

2 Cebolas  cortadas em meias luas 

1 Cenoura

1 Folha de louro

1 Molho de salsa 

1 Molho de Coentros 

1 Pimento vermelho

3 Dentes de alho 

1 Malagueta vermelha

 

Preparação:

 

1 – Corte as 8 pontas dos tentáculos do polvo.


2 – Coloque água numa panela e deixe levantar fervura, adicione 1 cebola, 1 cenoura, a folha de louro e um molho de salsa, deixe ferver 15 minutos e junte o polvo e deixe cerca de 45 minutos a cozer.


3 – Corte a batata doce em cerca de 8 rodelas e o restante em cubos. (reserve as batatas doces em cubos)


4 – Numa panela coza as batatas doces em rodelas e reserve.


5 – Na cataplana coloque o azeite até ficar bem quente, acrescente a cebola em meias luas, o pimento vermelho em juliana, os dentes de alho laminados, os talos dos coentros finamente picados, a malagueta finamente picada e deixe em lume médio cerca de 4/5 minutos.


6 – Corte o polvo já cozido em pedaços reservando alguns tentáculos para decoração.


7 – Junte o polvo ao refogado e refresque com o vinho branco.


8 – Acrescente os tomates picados, pelados e sem sementes, uma colher de sopa de polpa de tomate, a batata doce em cubos e junte um pouco de caldo da cozedura do polvo, tape a cataplana e deixar apurar cerca de 20 minutos em lume brando.


9 – Uns minutos antes do final da cozedura, adicione a batata doce às rodelas em volta da cataplana, rectifique de sal, perfumar com um pouco de vermute, junte as ameijoas e tape novamente a cataplana até as ameijoas abrirem.


10 – Polvilhe com folhas de coentros sizeladas e sirva bem quente.

 

Malagueta Man
                                                                                                                                                                                                                                                                                               

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Miguel Oliveira

foto do autor



Tags

mais tags